Movimento 90º uma solução sustentável para as cidades

A cada dia que passa as cidades crescem mais, o que acarreta em uma série de consequências. Desordenado, barulhento e poluído, os centros urbanos abrigam desconfortavelmente milhares de pessoas que passam grande parte do seus dias expostas a poluição sonora, atmosférica e psicológica.

Caracterizada pelos seus prédios e sua cor predominantemente cinza, as cidades das grandes metrópoles são o reflexo da tensão e do imediatismo de seus habitantes.

Diante desse problema que só vem crescendo nos últimos anos que movimento 90º nasceu, melhor, brotou. Com o intuito de tornar a cidade um lugar melhor e mais agradável de se viver, o movimento 90º criou um projeto de parque vertical em São Paulo, uma solução verde para acabar com a monotonia cromática da cidade.

Esses parques verticais consistem em jardins verticais colocados em empenas cegas, paredes de prédios sem janelas, algo comum na cidade de São Paulo.

Além de proporcionar um lugar mais bonito para se viver, os parques verticais oferecem várias vantagens, dentre elas, a redução da poluição sonora no prédio, a redução da poluição do ar em  cerca de 30% ao seu redor, ajudam no controle térmico, e favorecem esteticamente o cenário da cidade. Ou seja, melhoram indiscutivelmente  a qualidade de vida das pessoas.

Essa ideia nasceu do francês Patrick Blanc, que tinha a intenção de cobrir as paredes de Paris, foi então que desenvolveu uma estrutura capaz de suportar e nutrir as plantas verticalmente. Mas, ao chegar no Brasil essa ideia foi modificada, e a estrutura em que se colocavam as plantas foi substituída de um material sintético por um material reciclado, o que tornou a ideia muito mais atraente.

Liderado pelo paisagista Guil Blanche, o movimento 90º se dedica desde 2013 em um projeto chamado Corredor Verde do Minhocão, que tem a intenção de transformá-lo no primeiro corredor verde do mundo, já que naquela região segundo as pesquisas do movimento, possui mais de 100 empenas cegas que poderiam abrigar uma área de 58.000m² de área verde, algo que se realizado causaria um grande impacto positivo na região.

Alguns parques verticais já foram instalados lá, e o feedback é positivo tanto dos moradores dos prédios, quanto das pessoas que transitam pela via, o que não poderia ser diferente frente a um movimento tão bacana como este.

Esse é mais um projeto verde para o Minhocão que vimos aqui no blog, a Marquise Minhocão que falamos semana passada também conta com a participação do paisagista Guil Blanche, o que prova que existem pessoas preocupadas e dispostas a mudar a “paisagem” das cidades, o que falta agora é mais pessoas que acreditem e colaborem com esses projetos.

No site www.movimento90.com você encontra mais informações sobre os jardins e parques verticais, além do projeto do corredor verde do Minhocão, e lá você também pode acompanhar o trabalho que eles estão desenvolvendo, e os que já foram concluídos. Não fique de fora, participe, compartilhe!

Esta é uma causa que deve ser abraçada e apoiada por todos, não se pode fechar os olhos para os problemas que as cidades enfrentam, pois somos parte integrante dela e afetados diretamente por suas adversidades.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s